INADIMPLÊNCIA - Brasil registra queda na inadimplência depois de 11 meses de alta, aponta Serasa

Publicado em 25 de janeiro de 2023

Brasil | G1

Depois de 11 meses seguidos de alta, o Brasil finalmente registrou queda no número de inadimplentes em dezembro. Segundo o Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas do Serasa, 69,4 milhões de brasileiros estavam inadimplentes no último mês de 2022.

Apesar de ainda ser considerado alto, o número representa uma queda de 405 mil pessoas em relação ao registrado em novembro (69,83 milhões)

O valor de todas as dívidas juntas ultrapassou R$ 312 bilhões em dezembro. É como se cada um dos inadimplentes estivesse devendo, sem conseguir pagar, o valor de R$ 4.493,91. A maior dívida média por pessoa é de Santa Catarina: R$ 6.290,57.

O cartão de crédito continua como o maior responsável pelas dívidas ( 28,7%) que não conseguem ser pagas, seguido pelas contas básicas (22,25%) e pelo varejo (11,47%).

Um dos fatores que ajuda a explicar esse cenário é a injeção de dinheiro na economia com o pagamento do 13º salário. O Serasa também coloca Feirão Limpa Nome como possível fator para a diminuição do numero de inadimplentes.

Segundo a entidade, foram feitos 8,4 milhões de acordos entre novembro e dezembro, "o maior número de negociações da história da Serasa". Ainda de acordo com o levantamento, as mulheres foram as que mais renegociaram suas dívidas no fim do ano.

Compartilhe nas redes sociais

Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias